Avaliação da Gestão e Chama para a Assembléia

24/08/2010 06:57

Há dois anos (2008) assumimos através de um processo eleitoral a direção da Associação de Geógrafos Brasileiros - Seção Local Rio de Janeiro. Assumimos vários  compromisso com nossos sócios, alguns conseguimos atingir, outros estamos batalhando para que o sejam.

Fazendo um balanço da nossa gestão, conseguimos viabilizar varias questões que consideramos como prioritárias, entre elas, o estabelecimento da comunicação com nossos associados.

O nosso website está no ar, trazendo várias informações sobre a seção local, sobre as nossas atividades, associações, entre tantas outras funções e ferramentas que buscam aproximar a comunidade geográfica da seção local.

A realização do Fala Professor, em parceria com a AGB-Niterói, na Baixada Fluminense, foi fundamental para que pudéssemos entrar em contato com os novos cursos de geografia que estão nascendo, privilegiar e reforçar nosso apoio para a formação de docentes em áreas com grande necessidade em serviços públicos, em especial na educação, formando profissionais conscientes das dificuldades existentes.

E no atual momento, a contribuição na organização do Encontro Nacional de Geógrafos que ocorreu em Porto Alegre, exigiu um grande esforço para poder auxiliar e viabilizar a participação, da melhor maneira possível, do maior número de associados no evento, bem como garantir progressivamente a cada encontro a efetivação dos Espaços de Diálogos e Práticas calcadas nos princípios de ação participativa e comunicativa. No evento, buscamos nos fazer presentes e acompanhar todo processo de credenciamento, certificação e auxílio dos nossos associados no evento e na cidade.

A nossa sede, mesmo que precária por causa da falta de espaço (que será uma grande luta para a próxima gestão) foi mantida aberta para o atendimento dos associados que lá puderam ser assistidos pelo secretário executivo, que respondeu pela seção local.

Poderíamos continuar enumerando várias outras atividades que desenvolvemos durante estes dois anos. Mas, muitas coisas, que sonhamos e desejávamos, também não conseguimos, pois faltaram “braços e fôlegos” para isto. São demandas para a próxima gestão: a luta pela nossa sala; a análise e construção de nosso novo estatuto; a busca por novas estratégias de discussão, formação e construção de novos quadros de atuação na AGB-Rio e Nacional, seja na atuação por Grupos de Trabalho, seja na construção de ações políticas e sociais. São diversos os desafios para a nova gestão.

Diante deste contexto, chegamos ao final da nossa gestão com muita vontade de permanecer, mas que novas pessoas possam ser incorporadas neste processo e possam assumir a nova diretoria – gestão 2010-2012. Assim iniciamos o processo de sucessão interessados em agregar novos associados para somar no processo de construção de uma AGB em movimento, de luta, de garantia e de contestação da realidade profissional, acadêmica e da sociedade baseada por formas rígidas e mercantilizadas presentes no mercado de trabalho, nas universidades e nas diferentes dimensões da vida cotidiana.  

Durante o ENG Porto Alegre, assumimos um compromisso com a DEN. Temos representantes da local indicados para alguns cargos da Nacional. Desta forma, precisamos fortalecer a nossa seção para que possamos apoiar e construir uma AGB cada vez mais democrática e voltada para nós – os associados.

Pensando nas questões apresentadas, queremos refletir com vocês os novos rumos da AGB Rio e Nacional. O processo de sucessão já esta colocado. Na nacional já temos o quadro, na local se fará presente agora.

Pensando neste quadro chamamos a Assembléia Geral Ordinária, cuja pauta é a eleição da nova diretoria do Rio de Janeiro, para o dia 11/09, as 10 horas, na sala da AGB-UERJ, 4º Andar. Julgamos a participação de todos fundamental.

Comissão Eleitoral: Renato Emerson dos Santos (AGB-Rio) e Paulo Roberto Raposo Alentejano (AGB-Rio). Brevemente a comissão estará divulgando as normas para inscrição das chapas.

Desde já, agradecemos pela atenção.

 Saudações, Gestão 2008-2010.